Causas e sintomas do câncer do colo do útero

0
394

Muitas mulheres adoecem e morrem por câncer do colo do útero no Brasil. Você sabia que é possível preveni-lo? Conheça aqui um pouco mais sobre essa doença.

O câncer do colo do útero é um tumor (multiplicação anormal das células) que se desenvolve na parte inferior do útero, chamada “colo”, que fica no fundo da vagina.
Muitas mulheres adoecem e morrem por causa do câncer do colo do útero no Brasil.
Mulheres que fumam têm maior chance de ter câncer do colo do útero, pois o fumo facilita a infecção pelo HPV.

O que causa essa doença?

A infecção pelo vírus HPV (Papiloma Vírus Humano), transmitido na relação sexual. A maioria das pessoas tem contato com este vírus ao longo da vida, mas quase sempre ele é eliminado naturalmente. Se isso não acontecer pode, após vários anos, provocar lesões que, se não tratadas, causam o câncer.

Sintomas do câncer do colo do útero

No início, as mulheres não sentem nada. Mais tarde podem aparecer sangramentos fora do período menstrual, dor e corrimentos.
Esses sintomas são também comuns a outras doenças. Nesses casos, procure o serviço de saúde.

É possível prevenir o câncer do colo do útero?

Sim! Por meio da vacinação contra o HPV, antes do início da vida sexual, e do exame preventivo (Papanicolaou).
O uso do preservativo (camisinha) contribui para reduzir a transmissão do HPV. Essa proteção não é total, pois o vírus passa no contato íntimo durante as relações sexuais, mesmo sem penetração e entre pessoas do mesmo sexo.

O que é o exame preventivo?

É o exame do colo do útero para identificar possíveis lesões causadas pelo HPV. É colhido material do colo e enviado para análise no laboratório.
Quem deve tomar a vacina contra o HPV são as meninas de 9 anos, pois a proteção contra o vírus é maior antes do início da vida sexual.
O exame é simples e rápido. Em alguns casos, pode causar algum incômodo.
A vacina protege contra os principais tipos de vírus HPV causadores do câncer do colo do útero, mas não todos. Portanto, mesmo vacinada é necessário fazer o exame preventivo na idade recomendada, no caso mulheres entre 25 e 64 anos que já tiveram atividade sexual em um intervalo de 3 em 3 anos.

Por que antes de 25 anos as mulheres não precisam fazer o exame?

Até essa idade, o câncer do colo do útero é raro, e as lesões mais frequentes causadas pelo HPV são as que curam sem tratamento.

E após os 64 anos?

Se as mulheres fizeram exames de Papanicolaou recentemente e os últimos resultados foram normais, eles devem ser avaliadas por um profissional de saúde quanto à necessidade de continuar fazendo o preventivo. Entretanto, a consulta ginecológica continuará sendo importante para avaliação de outras doenças.

Quais as orientações para as mulheres que vão fazer o exame?

Preferencialmente elas não devem estar menstruadas nem terem tido relação sexual ou feito uso de duchas ou lubrificantes vaginais nas 24 horas anteriores do exame.

A vacina e o exame preventivo estão disponíveis na unidade básica de saúde próxima de sua casa.
Tão importante quanto fazer o exame é buscar o resultado.




DEIXE UMA RESPOSTA