Cascavel

2
745

Um animal que rasteja silenciosamente para abocanhar a sua presa.

CLASSE: Répteis
ORDEM: Escamados
FAMÍLIA: Crotalídeos
NOME CIENTÍFICO: Crotalus durissus

 

http://www.dreamstime.com/-image4375891

Silenciosamente, a cascavel desliza pelo chão em movimentos sinuosos e elásticos, enquanto a língua bifurcada vai tocando o solo em movimentos nervosos. Cada vez que projeta a língua para fora, num vaivém no ritmo, a cascavel está farejando o rastro da presa, que passou por ali alguns minutos atrás. Surda e mal dotada de visão, a cobra tem como sentidos principais o olfato (sente cheiros com a língua) e o mesmo sentido térmico de tantas outras serpentes. Quando se aproxima da presa, mesmo no escuro, pode perceber-lhe a situação e os movimentos pela emanação de calor, sentida pela fosseta loreal, um buraquinho entre as narinas e os olhos.

cascavel-comendo-ratoAgora, a presa está próxima, um ratinho descuidado que saltita também à procura de comida. Imediatamente a cobra assume posição, encolhe o corpo para tomar impulso e contrai os músculos. A tensão muscular da cobra excitada e pronta para atacar faz com que, por reflexo, a ponta da cauda se levante e agite no ar. É aí que vibra o chocalho, um barulho parecido com o de ovos em gordura quente, porém mais seco. Às vezes, o guizo nem chega a soar, mas em certos casos, pode ser ouvido a uns 50 metros.
Logo depois vem o bote: o corpo distende-se como se dentro dele houvesse disparado uma mola de aço, a vítima solta um guincho agudo e baixo quando as presas cravam em sua carne. Em bichos pequenos o efeito do veneno é quase instantâneo. Mesmo que não fosse, em geral as cobras não esperam que o bicho morra para começarem a devorá-lo. Agora, saciada, a cascavel pode ficar um dez dias sem comer. Mas, se aparecer caça, ela não a despreza.

cascavel-lingua-de-foraA cascavel troca de pele três ou quatro vezes por ano. Em cada mudança mais um anel é acrescido ao guizo e pelo número de anéis calcula-se a idade do animal.A maioria dos animais temem a cascavel e procuram se distanciar quando a percebem, avisados pelo barulho do chocalho. Mas em alguns casos raros pode haver luta.
É a noite que a cascavel encontra a maior parte de suas presas: roedores, outros pequenos mamíferos, aves, ovos, batráquios.

Filhotes de Cascavel

Os filhotes (seis a sessenta em cada ninhada) já nascem venenosos e aptos a caçar. Na cauda tem somente o primeiro anel, sobre qual irão se formar os anéis das futuras mudas. Esse rudimentar chocalho ainda não produz nenhum som.

cascavel-filhote

cascavel-rastejando

cascavel-enroladaCascavel

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA