Guerra do Vietnã e suas consequências para o Mundo

0
38

Veja como foi a Guerra do Vietnã, um dos maiores conflitos da história do século XX.

A Guerra do Vietnã, que aconteceu entre os anos de 1959 e 1975, é tida como o conflito armado mais violento que aconteceu na segunda metade do século XX, ocorrendo nos territórios do Vietnã do Norte, Vietnã do Sul, Camboja e Laos. Ele não foi apenas o mais violento, como também o mais longo a acontecer logo após a Segunda Guerra Mundial.

A Guerra do Vietnã é considerada um desdobramento direto de outro conflito que havia acontecido no Vietnã de 1946 a 1954: a Guerra da Indochina. Nesse conflito, vietnamitas vinculados ao Vietminh haviam lutado contra as tropas franceses para colocar fim ao domínio colonial da França na região chamada Indochina Francesa.

Quando aconteceu a Segunda Guerra Mundial, o Japão invadiu e dominou uma região conhecida como Indochina. Parte desse território era formada por Laos, Camboja e Vietnã, que viviam sobre o domínio francês, mas já ansiavam pela independência.

Tentando reagir a invasão, os vietnamitas formaram a Liga Revolucionária para a Independência do Vietnã, que era ligada ao partido comunista. Eles tinham como líder Ho Chi Minh, um líder revolucionário que assim como todo o povo queriam a independência do país.

Quando a Segunda Guerra Mundial chegou ao fim teve início o processo de descolonização, que culminou na luta entre os guerrilheiros do Viet-Minh e as tropas francesas. Com a derrota, os franceses foram obrigados a aceitar a independência, e em 1954 na Conferência de Genebra, que havia sido convocada para negociar a paz, a França reconheceu a independência do Vietnã, Laos e Camboja. Também ficou definido que o Vietnã passaria agora a ser subdivido em dois:

– Vietnã do Norte: Que seria governado por Ho Chin Minh, Socialista.

– Vietnã do Sul: Governado por Ngo Dinh Diem, capitalista e aliada dos Estados Unidos.

Causas da Guerra do Vietnã

Com as diferenças políticas existentes entre o Vietnã do norte e o Vietnã do Sul, era claro que havia no ar um clima de instabilidade no que dizia respeito a paz entre eles. Era difícil que um socialista e um capitalista conseguissem viver bem, lado a lado, com tantas diferenças políticas e ideologias tão próximas.

No ano de 1959, os guerrilheiros comunistas chamados de vietcongues, atacaram uma base norte-americana que existia no Vietnã do Sul, sob o apoio de Ho Chi Minh e dos soviéticos. A partir deste momento estava dada início a Guerra do Vietnã.

Até 1965, os Estados Unidos se limitam a oferecer ajuda ao Vietnã do Sul, sem envolvimentos militares efetivos. No entanto, em 1965, navios americanos foram bombardeados pelos comunistas do Vietnã do Norte. Com isso, os Estados Unidos entram definitivamente na guerra.

Após anos de combate, em 1968 ocorre a Ofensiva do Tet e o Vietnã do Norte ocupa a capital do Vietnã do Sul, Saigon. Ambos os fatos são derrotas importantes dos americanos. Essas derrotas possuem em peso considerável no contexto da guerra.

O alto número de soldados americanos mortos no conflito (em sua maioria muito jovens) gera um profundo sentimento de desilusão, tristeza e revolta na população americana, e isso se reflete na opinião pública, que começa a pressionar fortemente o governo.

Em 1972, o presidente Nixon estende os bombardeios ao Laos e ao Camboja e inicia uma fase da guerra marcada pelo uso de armas químicas, como o Fósforo Branco e o Agente Laranja.

Fim da Guerra do Vietnã

Mesmo com a grande quantidade de baixas do lado comunista, a guerrilha se mantém firme e o desgaste das forças americanas e sul vietnamitas é cada vez maior. O conhecimento do teatro de guerra por parte dos vietcongues, a inexperiência dos americanos naquele tipo de conflito e pressão da opinião pública, com protestos nas ruas, fazem os Estados Unidos saírem da guerra em 1973.

Enquanto o governo dos Estados Unidos continuava envolvido com a guerra, os jovens norte-americanos, faziam protestos contra a permanência do país no conflito. No início do ano de 1979, grupos pacifistas e a população civil em geral faziam campanhas nas ruas pedindo que o governo retirasse as tropas e retornasse com seus soldados para o país. A tv mostrava a todo momento as cenas bárbaras daquele conflito, milhares de soldados norte-americanos morrendo, e suas famílias em pânico sem nada poder fazer.

Como não estava conseguindo nenhum sucesso na guerra, tendo várias derrotas consecutivas, e também não contando com o apoio da população, em 1975 o governo dos EUA aceita o Acordo de Paris, retirando todas as suas tropas do Vietnã.

O Vietnã do norte se declarava vitorioso, a partir daquele momento.

Em 2 de julho de 1976 Vietnã foi reunificado sob o regime comunista, aliado da União Soviética.


Avaliar esse artigo

DEIXE UMA RESPOSTA